Entenda a crise do preço dos combustíveis - Royal FIC

Entenda a crise do preço dos combustíveis

05 março de 2021

Nesta segunda (1), a gasolina passou pelo quinto aumento, enquanto o diesel sofreu o quarto reajuste em 2021. Já são, respectivamente, 41,3% e 34,2% de reajustes acumulados no ano. A crise do preço dos combustíveis fez o Presidente da República congelar impostos federais e nomear um novo presidente para a Petrobrás.

Mas o que está acontecendo, afinal de contas? Por que gasolina e diesel estão sofrendo tantos aumentos? Como esses preços são compostos?

Leia o blog da Royal FIC e entenda tudo sobre a crise do preço dos combustíveis!

A política de preço dos combustíveis adotada pela Petrobrás

Desde o final de 2016, a Petrobrás adota uma política de preços em que os reajustes são pareados com o mercado internacional. Se o preço do petróleo flutua, os produtos da companhia flutuam junto.

Empresa de capital misto, a Petrobrás é controlada pelo Governo Federal, que retém 50,26% das ações, mas deve satisfações a acionistas. Dessa forma, adotar preços de mercado aumenta a eficiência da empresa. Mas, considerando que a Petrobrás é brasileira, explora petróleo brasileiro e vende combustíveis no Brasil, a política de preço dos combustíveis da Petrobrás pega flutuações internacionais e joga no mercado interno, uma vez que o preço dos combustíveis afeta toda a sociedade.

Isso acontece graças ao efeito cascata que começa na refinaria, passa pelas distribuidoras e chega ao consumidor final. A tarifa do ICMS, por exemplo, varia de acordo com a flutuação da refinaria e estrangula a margem de lucro das distribuidoras. Os postos, por sua vez, costumam repassar o aumento do ICMS para o consumidor, fazendo com que o combustível sofra um terceiro reajuste antes de sair da bomba para o seu tanque.

Daí, surge o impasse: o que deve ser feito?

Medidas do Governo Federal e a composição do preço dos combustíveis

Em uma de suas lives semanais, o Presidente Jair Bolsonaro decidiu zerar PIS/Cofins sobre diesel e gás de cozinha por dois meses. Entretanto, segundo dados da própria Petrobrás, esse imposto representa apenas 8% da composição do preço do diesel. Para compensar esta isenção, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido dos bancos subiu de 20% para 25%.

Bolsonaro também publicou decreto que obriga os postos a discriminarem os impostos que compõem o preço dos combustíveis. Como a maior tributação é a do ICMS, da esfera estadual, a medida pode criar desgaste entre a sociedade e os governadores.

Novo presidente, problemas de sempre

Com a nomeação do general Silva e Luna para a presidência da Petrobrás, não apenas o Governo demonstra insatisfação com o desgaste político dos preços dos combustíveis, como também a sua disposição para interferir na gerência da empresa.

Enquanto a Petrobrás não definir uma maneira de equilibrar sua função social e seu compromisso com os acionistas, a crise tende a apenas mudar de foco. Do mesmo modo que hoje falamos do preço para o consumidor final, ainda na semana passada falávamos do “tombo” histórico do valor de mercado da empresa após o anúncio das medidas vindas do Planalto.

Assim sendo, abastecer com produtos de qualidade se torna cada vez mais importante. A melhor forma de valorizar o seu dinheiro é ter a certeza de que se está levando um produto de qualidade, garantido por processos automatizados e rigorosos. Compre combustível direto do distribuidor com a Royal FIC e esteja sempre em movimento. Peça uma cotação agora mesmo.





×

Olá, bem vindo(a) à Royal FIC. Como podemos te ajudar?

Clique e fale conosco via whats app

× Como posso te ajudar?